sábado, 6 de junho de 2009

Assisti Anjos e Demônios

Olá a Todos,

Assisti ao filme Anjos e Demônios. Confesso que fui assisti-lo com o pé atrás, pois na sua primeira tentativa de adaptar um romance de Dan Brown para os cinemas foi bastante frustrante (O Código da Vinci). Mas resolvi dar uma nova chance à Ron Howards, e eis que ele aprendeu com os erros passados e produziu um filme bem mais consistente. Apesar ainda longe de perfeito, melhorou bastante com relação ao anterior, o que nos livros, a ordem é invertida: Essa estória passaria antes de O Código da Vinci.

Uma das melhores escolhas foi, além de arrumar aquele ridículo corte de cabelo do Tom Hanks, deixar de lado algumas das maiores viagens presentes no livro, tentando tornar assim um filme mais realista e coeso. O ator Ewan McGregor dá, como sempre, um show de interpretação no papel do carmelenco e que assume temporariamente o comando do Vaticano, enquanto ocorre a eleição do próximo Papa no Conclave.

Na estória uma bomba de anti-matéria (eu disse que a maioria das viagens tinham sido cortadas, não todas) é implantada num local ignorado no Vaticano para uma espécie de ataque terrorista ou vingativo dos Illuminati contra os crimes cometidos pela Igreja no passado com os cientistas (começando por Galileu Galilei), a velha Inquisição e a Fogueira das Vaidades.
Pena que apesar disso, em nenhum momento fica clara a motivação do Vilão principal. Ou melhor, é completamente esquecida, ou alguém entendeu porque ele fez aquilo? Uma forte falha no roteiro num filme com tamanho orçamento e com motivações de BlockBuster.

Agora um parabéns a parte vai para a recriação da Praça de São Pedro e a Capela Sistina, não sei se é digital ou foi montada em estúdio, mas são realmente inacreditáveis em perfeição, sem contar as tomadas aéreas com a praça lotada de gente. Não vejo a hora de ver no DVD um making-of para ver quais foram as técnicas utilizadas para produzi-lo.

Bom, finalizando, o filme termina deixando uma certa sensação que assistimos foi apenas uma gincana turística e frenética pelas igrejas de Roma, sem um verdadeiro motivo para os acontecimentos. Acho que o Jack Bauer provavelmente teria resolvido em bem menos que 24 horas :-)

Minha nota: 7,5 Boa diversão se acompanhado de um balde de pipocas.

Anjos e Demônios

2 comentários:

Lobo da Estepe disse...

7,5? Não é um pouco demais? Colocaria este filme no mesmo nível de Star Treck, não acho que esteja. :)
Gostei da definição do filme como uma gincana, acho que define bem o que parece ser a motivação da história.

Flávio disse...

Eu daria 8 pelos efeitos especiais e pela fotografia... mas não os 14 reais. Um ótimo filme para assistir em DVD.